Despertar do dia – 03/12/2016


“É preciso querer experimentar o amor incondicional. Se você ama mais seus pais do que seu vizinho, existe uma condição. Se você ama sua companheira apenas enquanto ela for sua companheira, existe uma condição. Não importa o quão nobre a condição pareça ser, não importa o quão apegado você esteja a ela, ainda há uma condição.  E se existe uma condição para amar o próximo, é porque existe uma condição para amar a si próprio. Olhe para dentro de si, observe quais são suas condições para se amar, observe o amor possessivo que persiste em imperar. Ter a clareza de seus condicionamentos é a chave para transmutá-los a incondicionalidade, ao verdadeiro amor.”

Deseja receber nosso conteúdo diário?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Leia também:

Gostaria de receber nosso conteúdo diário?